DESCENDO PARA AS MINAS DE POTOSI, BOLIVIA | Bolivia Hop

DESCENDO PARA AS MINAS DE POTOSI, BOLIVIA

Eu decidi visitar Uyuni e a floresta, mas depois eu li um artigo sobre Potosi, Bolivia que me chamou a atenção. Assim que eu mudei meu roteiro e peguei um ônibus a noite de La Paz (aprox.10 horas). Na manhã seguinte eu cheguei onde é uma das cidades mais altas do mundo, localizada a 4000 metros de altitude.

Dica Rápida: Se está viajando para ou desde o Aeroporto de Lima, é possível usar o luxuoso ônibus Airport Express Lima para ir ou deixar seu hotel. É mais seguro e mais barato que um táxi, sem limite de bagagem e com Wi-Fi e carregador USB grátis, é feito exclusivamente para viajantes.

Cidade de Potosi

No caminho para o hostel eu me surpreendi com a cidade, é como se tivesse duas partes: uma cidade antiga bem bonita que está na “parte alta”, e a parte nova que está na “parte baixa”.

Há muitos mercadinhos por toda cidade. Eu já estava aclimado das minhas viagens anteriores em La Paz e Cusco, assim que decidi ir fazer uma caminhada, mas se você vier de uma região ao nível do mar, você pode ter alguns problemas com a altitude em Potosí, assim separe um tempo e se aclimatar: “beba muita água, faça as coisas devagar e masque folha de coca”.

A cidade antiga que está a poucos metros da Plaza 10 de Noviembre tem muitas construções da época colonial bonitas e belas igrejas, como a Catedral de Potosí ou a Igreja de San Agustín.

Catedral Potosi Bolivia

Não espere que seja tão grande quanto Cusco, por exemplo, mas elas valem a pena visitar. Também é uma boa opção andar pela cidade e explorar sem um roteiro. Quanto mais tempo você tiver é mais fácil para conhecer e pelo que vi, é bem seguro.

Eu recomendaria explorar todas as ruas em volta do mercado central. Você pode encontrar todo tipo de loja que puder imaginar. Para mim, visitar os mercados é parte obrigatória em conhecer uma cidade. Em Potosi, eles são diferentes de La Paz, eu não vi muitos turistas lá, então você pode ter uma ótima experiência local.

Se você quiser, você pode comer barato, comprar DVD ou roupas quentes (que serão úteis se você estiver no roteiro visitar Uyuni, como eu fiz). É a melhor opção de lugar para comprar pois os preços são mais em conta do que o preço para turistas em Uyuni.

Quick Tip: Experience the thrill of biking the Bolivia Death Road, one of the most dangerous roads in the world! Enjoy amazing scenery as you descend from high-altitude mountains to jungle landscapes.

Natal em Potosí

Algo especial antes do Natal foi o “Mercado mais alto do Natal” do mundo. Claro que não pode ser comparado com feiras de Natal de outras partes do mundo, mas foi um belo mercado cativante com muitas luzes natalinas.

Natal Potosi Bolivia

Se você sentir falta de casa e do sentimento natalino, vá lá a noite. Com baixas temperaturas, parece como se estivesse no Natal do hemisfério norte. Está localizado perto da Plaza 10 de Noviembre e também na Calle Sucre e há muitos habitantes saboreando os doces ou comprando presente dos vendedores de rua.

Para mim isso foi inesperado e tão bonito. Você também pode fazer caminhada pela cidade ou visitar as águas térmicas que estão bem perto e relaxar por algumas horas. Há muitas coisas para fazer em Potosi se você decidir passar mais tempo lá.

ESSA É A MELHOR MANEIRA DE VIAJAR PELA BOLÍVIA

SAIBA COMO

Cerro Rico

Além de todas essas coisas em Potosí, há uma grande sombra sobre a cidade. O “Cerro Rico“, que literalmente significa morro rico, contem exploração de prata e outros minérios. Potosí tem a economia baseada nas minas que foram comercializadas pelos espanhóis nos anos 1600’s.

Para informações de reserva de turismo, comparação de operadores e preços, nós recomendamos usar FindLocalTrips.com, um site de comparação de turismo e atividades pela América do Sul.

Cerro Rico - Potosi Bolivia

A montanha é uma benção e uma maldição ao mesmo tempo. A mina é uma das maiores produtoras de prata do mundo e levou riquezas para a cidade (dizem que o cifrão do dólar originou de Potosí). Mas as minas também levaram turbulência econômica pois os minerais se esgotaram.

Hoje, o morro continua sendo pouco explorado, porém visitantes e tours organizados estão permitidos entrar. Pode impressionar você, pois muitos turistas visitam e é uma maneira de fomentar o turismo. Visitar as minas me fez pensar diferente.

Preparando nosso tour

Eu recomendo uma visita às minas. Muitas agências de viagens e hostel oferecem tour com diferentes preços. Eu paguei aproximadamente 20 dólares por um tour guiado. Veja mais opções aqui.

Minas de Potosi Bolivia

O tour começou no nosso hostel, onde nós recebemos nossas roupas e nos vestimos. Depois fomos a uma loja onde todos os visitantes podem comprar algum presente para os trabalhadores das minas. Nós podemos comprar bastão de dinamite e outros explosivos nessa pequena rua.

Alguns que estavam conosco compraram suco, folha de coca ou álcool. Os presentes é algo quase que obrigatório, então leve dinheiro extra para isso.

Com os explosivos ou álcool nas nossas mãos e uma sensação estranha no nosso estômago que nós fomos às minas. De lá você tem uma bela visão sobre a cidade.

Vista da Mina de Potosi Bolivia

Porém a paisagem é o único bonito lá. Nós fomos caminhando em volta de lamas e poças de águas coloridas e nós vimos alguns trabalhadores esvaziando um carrinho em vez de usar alguma ferramenta.

Dentro da mina

Antes de entrar na mina, nós tivemos que ‘solicitar’ um seguro de visita de um santo da montanha usando álcool e folha de coca que nós levamos. Depois de alguns minutos na mina, nós sabemos porque isso era necessário.

Os túneis no morro pareciam simples e inseguros. As estruturas e vigas quebradas foram prova disso. Não havia eletricidade nem ventilação, porém muita poeira, fibras de amianto e gotas de água contendo metais pesados com substâncias tóxicas.

Mesmo assim, os trabalhadores não vestem nenhuma proteção além do capacete. Tive uma sensação de aperto no peito em volta dos túneis em saber que a idade média dos trabalhadores depois que começam o trabalho deles lá é de apenas 15 anos.

Devido à poeira tóxica das minas a maioria tem sérios problemas nos pulmões.

Nós vimos os trabalhadores em atividade e como é difícil as condições de trabalho sob essas circunstâncias e também como é perigoso. Mas nós também fizemos coisas turísticas como explodir uma dinamite.

Dentro da mina Potosi Bolivia

Depois de ver a luz do sol de novo, foi uma das melhores sensações que eu tive por um longo tempo. Nosso guia nos disse que alguns dias antes, dois mineiros morreram por causa do monóxido de carbono.

A pior coisa é que isso é normal para os mineiros. Isso faz parte da vida diária e do trabalho. Esse é o preço que eles pagam para suprir a demanda de eletrônicos baratos e joias.

É um atrativo turístico estranho visitar as minas. Mas as minas são parte da identidade de Potosí, que você deve conhecer. Sem isso, sua visita não está completa. É uma experiência inesquecível e talvez faça você pensar diferente. Enfim, Potosí vale a pena visitar.

Biografia:
Stefan Schindler é um mochileiro alemão que viaja pelo mundo.

RESERVE UM TOUR EM POTOSÍ AGORA

Para reservar um tour na Bolívia, nós recomendamos usar FindLocalTrips.com um site de busca e comparação de turismo pela América Latina.
Find Local Trips Logo

ESSA É A MELHOR MANEIRA DE VIAJAR PELA BOLÍVIA

SAIBA COMO

Speak to someone from our team by phone!

×

    Where are you from?


    We will call you at this number, please make sure its correct.

    Your number (required)

         

    +1

    Your Name (required)

    Email (required)

    What time should we call you? Our hours of operation are from 9am to 7pm Peruvian time.


      Peruvian time now is: 11:41 am